Preloader Image

Release

José Roberto Mahr é um dos pioneiros da cena eletrônica nacional e do indie rock, reconhecido como lançador no Brasil de alguns dos mais importantes artistas da música alternativa.

Desde 2019 ele atua como diretor artístico da Rádio Cidade do Rio de Janeiro, uma das emissoras historicamente mais importantes do país, associada a inovações de linguagem no meio radiofônico desde a década de 1970.

José Roberto Mahr começou movido pelo amor à música, tocando em festas de amigos para dividir com eles as novidades que captava do rock inglês e do rock europeu. Em pouco tempo, passou também a gravar fitas cassete para lojas e bares, espalhando seu bom gosto sintonizado com as tendências internacionais.

O início oficial na carreira como DJ viria em abril de 1984. Naquele mesmo ano, a energia e a efervescência musical das noites que JR Mahr comandava acabaram ganhando uma extensão radiofônica.

O programa Novas Tendências já começou fazendo história no rádio, apresentando novidades internacionais com uma agilidade inigualável naqueles tempos pré-internet e compartilhamento digital de arquivos.

Foi a partir do NT (apelido carinhoso dado pelos ouvintes) que várias gerações escutaram pela primeira vez alguns dos mais importantes artistas e vertentes que surgiam no cenário mundial.
O Novas Tendências estreou na Estácio FM do Rio de Janeiro e passou por várias emissoras, chegando a ser transmitido via satélite para 23 cidades. Ao longo de 14 anos, o programa se manteve como grande referência, sempre fiel à sua fórmula de trazer lançamentos internacionais e trilhas alternativas, fora do mainstream.
Em 1998, o Novas Tendências entrou em período de hibernação. Mas José Roberto Mahr seguiu pilotando festas em clubes de diversas cidades pelo Brasil. Sem abandonar sua vocação de apresentar os últimos lançamentos, Mahr faz de seus sets uma viagem através dos segmentos contemporâneos do rock e da música eletrônica.

Esporadicamente também promove um revival dos BPMs antigos, proporcionando uma experiência em que presente, passado e sensações futuristas se misturam nas diferentes texturas musicais dos ritmos eletrônicos. Num set de José Roberto Mahr, rock, indie, new disco e outros big beats podem contar uma história, fazendo total sentido.

Pedro Só

Além da longa experiência como DJ, Mahr também trabalha com Consultoria e Programação Musical.

Algumas das empresas e veículos para as quais desenvolveu esse trabalho:

Canais de áudio para companhias aéreas:
VARIG: 2004 a 2006
TAM: de 2006 a 2015

Produção e programação de web rádios:
Usina do Som (Grupo Abril/ pioneirismo no streaming): 2000 a 2003

Rádio Reino Unido no site: www.toshibaplanet.com.br

Rádio Cidade:
Dia 16 de abril de 2015 voltou “ao ar” com o programa zero db, transmitido pela Rádio Cidade FM.
Apresentando semanalmente: lançamentos & trilhas alternativas de várias décadas.
Em 28 julho 2016 saiu do ar. Em breve retorna no dial ou na web!

De 2015 a 2017 produziu o Canal Indie, com novidades, versões exclusivas e clássicos de várias décadas do rock alternativo.

Em 16 de março de 2018, lançou a Stereozero, web rádio com programação especial, elaborada diariamente, incluindo texturas inovadoras da música pop contemporânea, gravações ao vivo, versões remixadas e as principais referências da cena alternativa mundial, abrangendo diferentes estilos musicais de um HUB exclusivo.
Experiência sonora e visual de arte e mídia, a Stereozero reflete uma eterna busca por novas direções e uma visão musical que transcende limites de estilo, movida por experimentações entre música e tecnologia. A web rádio Stereozero é transmitida pelo aplicativo e site da Rádio Cidade.

Music non stop!

Nas ondas do rádio:
15/09/1984 – Entrou no ar pela primeira vez na Rádio Estácio FM (RJ), apresentando e produzindo o programa Club New Wave, sábados, às 5 da tarde.

02/03/1986 – Já com o nome Novas Tendências, o programa passou a ser transmitido pela recém inaugurada 89FM (SP).

14/05/1986 – No Rio de Janeiro, o NT mudou para a Fluminense FM, transmitido às quartas-feiras, às 22h.

12/04/1987 – O NT ampliou a sua transmissão: a Cidade FM de Porto Alegre passou a receber o nosso sinal.

16/09/1988 – Começou a ser formada a Rede Novas Tendências, e mais quatro emissoras passaram a transmitir o programa: Rádio Cidade FM (Recife), Rádio Stereo Vale FM (São José dos Campos), Rádio FM 99 (Campinas) e Rádio Cidade (Belo Horizonte).

24/03/1990 – Mais duas emissoras começaram a transmitir o programa: Rádio Sucesso FM, em Friburgo, e Rádio Liberdade FM, em Aracaju.

22/07/1990 – O NT passou a ser transmitido no Rio de Janeiro pela Rádio Cidade FM, que passou a centralizar sua produção, distribuição e transmissão do programa em rede, todos os domingos, às 5 da tarde.

24/03/1991 – Mais quatro emissoras da Rede Cidade passaram a transmitir o NT em: Florianópolis, João Pessoa, Belém e Maceió.

17/11/1991 – Após completar sete anos, o Programa Novas Tendências entra em nova fase, sendo transmitido via satélite para todas as emissoras que faziam parte da Rede Cidade, duplicando desta forma o seu raio de ação: 22 cidades passaram a receber o sinal do NT, simultaneamente, todos os domingos, às 22h.

10/10/1992 – Entrou no ar o programa Overdrive, nas rádios 89FM (SP) e Fluminense FM (RJ), ficando no ar até 1996.

De setembro de 1994 a maio de 1997 – O NT foi transmitido pela RPC FM (RJ) e em 1998 entrou num período de hibernação.

16/04/2015 – Saindo do estado de hibernação, Mahr retorna ao rádio em um novo programa: zero db, com lançamentos, gravações ao vivo, raridades das décadas de 80, 90 e 00, regravações e mais versões remixadas do rock e suas diversas vertentes. O programa foi transmitido às quintas, às 22h, pela Rádio Cidade FM (RJ) 102.9, até julho de 2016.
De 28 julho a fevereiro de 2017 passou a ser transmitido pela web na Rádio Cidade no canal indie, quinta-feira 21h. Em breve retornamos às nossas transmissões!

04/02/2019 – JR Mahr assume como Creative Director da Rádio Cidade. www.radiocidade.fm

https://www.facebook.com/joseroberto.mahr

Trilhas sonoras:
2000
– Seleção da trilha sonora da peça “Trainspotting”.

14/02/2001 – O programa zero db começou a ser transmitido pelo no site Usina do Som (Editora Abril).

16/07/2001 até 2005 – Coordenou a volta ao dial da Rádio Fluminense, em AM 540 e depois em FM. 94.9

Março 2002 – Seleção da trilha sonora da peça “Laranja Mecânica”.

Janeiro 2004 – Produção dos canais de áudio da Rádio VARIG, em todos os vôos Internacionais da VARIG.

Setembro 2004 – Produção da rádio Reino Unido para Toshiba Planet.

Janeiro 2006 – Mostra “Rio 80 Graus”, no Centro Cultural do Banco do Brasil.

Fevereiro 2006 – Participou da exposição “Geração Eletrônica”, no Centro Cultural Telemar.

Fevereiro 2006 – Seleção da trilha sonora da peça “Vamos fazer uma festa enquanto o dia não chega”, de Caio Fernando Abreu.

Novembro 2011 – Ambientação sonora da exposição Cow Parade – Cais do Porto RJ.

Janeiro 2006/15 – Produção dos canais de áudio da TAM.

Julho 2016 – Discotecagem no lançamento do livro ” Eu nunca sei… e outros feitiços!” de Bruno Di Marino.

Agosto 2016 – Ambientação sonora da Casa da Suíça – Olimpíadas 2016.

Novembro 2016 – Ambientação sonora do evento Casa Cor 2016.

Julho 2017 – Participação do Workshop “Rock na Roda”, no dia Mundial do Rock. Organizado pelo Imperator.

Março 2018 – Discotecagem na abertura dos shows: Spoon e The National no Circo Voador, produzido pelo Queremos!

Setembro 2019 – Ambientação sonora do evento Casa Cor.

Outubro 2019 – Discotecagem na abertura no show do Eagle Eye Cherry, Circo Voador.

Novembro 2019 – Rockeria.

Março a junho 2021 – Ambientação sonora do evento Casa Cor.